Marketing por WhatsApp – Envio de Mensagens em Massa

Uma das estratégias mais eficientes de comunicar-se diretamente com seus clientes parece que agora vai ficar mais fácil.

Pretendo neste texto discorrer sobre a experiência que tive com algumas ferramentas de envio de mensagens em massa por WhatsApp e o quão moralmente aceito isso é na minha opinião.

Chega a ser pejorativo chamar uma pequena ferramenta ou ação de “marketing por isso ou aquilo”, perto de todo conglomerado que compõem estratégias de marketing para que seja suis generis, marketing.

Lembro-me de meados dos anos dois mil, quando ajudava meus amigos com os endereços POP e SMTP do Outlook Express, ferramenta “topíssima” na época para acessar nossos e-mails. Lembro-me dessa mesma discussão envolvendo a moralidade do ato, que corrobora com minha ideia de que a história só se repete num “indo e vindo infinito“.

Assim como o SPAM por e-mail, logicamente, o envio de mensagens em massa por WhatsApp também é proibido pela plataforma, como em qualquer serviço de e-mail. Entretanto, sem legislação de estado criteriosa e específica para o caso, ser proibido pelo serviço passa um ar de legalidade, que aproveitado por grandes marcas do mercado (que sim, se utilizam desses meios), também corroboram para esse sentimento. Você parou de receber SPAM no seu e-mail de alguma grande marca? Eu não!

Confesso que não fico feliz em receber no meu WhatsApp pessoal propagandas, busco até denunciar quem me envia mensagens indesejadas. Daí algo que também é um conceito vindouro do e-mail marketing e diferencia uma estratégia de comunicação eficaz ou simples propaganda. Muitas vezes, a estratégia propagandística usando envio em lotes de mensagens, seja por qual canal for, demonstra o excesso da marca e cria um sentimento oposto ao que é desejado.

Falando de ferramentas

Mesmo com toda essa reflexão sobre disparo de grandes níveis de mensagens, acredito que neste caso era moralmente aceitável. Precisávamos entrar em contato com um grande número de telefones para avisar que já estávamos recebendo pagamento através do aplicativo do apoio emergencial.

O aviso teria que ser feito de qualquer forma, por interação humana levaria muito tempo e custaria caro, por mensagem de texto, ninguém seria avisado (quem lê SMS hoje em dia?), então restou somente por WhatsApp.

Comprei um “chip” somente pra isso e fiz a aquisição de um software pela internet que prometia fazer o envio. Bom, foram os cem reais mais mal gastos da minha vida, pois além do suporte técnico do desenvolvedor ser péssimo, o programa não enviou muitas mensagens e ainda conseguiu deixar que o chip fosse bloqueado.

Encurtando o relato, testei mais três softwares, nenhum atendeu o que eu buscava. E além disso: Inutilizavam meu computador! Pois eu tinha que deixar o programa ativo na tela para que o software pudesse ir “clicando sozinho” no WhatsApp web e fazer o envio. Quase desisti da estratégia!

Foi quando encontrei uma ferramenta um pouco diferente, o Weenvio (www.weenvio.com). Ao contrário de todos outros, esse prometia fazer o envio pela web mesmo, através do browser e não utilizando qualquer recurso da máquina local. Fui até o mercado local e comprei um chip ou simcard, como preferir, quando retornei e fui utilizar a plataforma, vi que ainda está em fase alfa e não está disponível para utilização de clientes finais. A tristeza tomou conta!

Decidi então enviar um contato pelo formulário disponível no site, para saber quando estaria disponível e explicar minha situação. Tive então uma grata surpresa (que me levou a escrever este artigo), pois a equipe do Weenvio deixou que eu utilizasse a plataforma como alpha tester para testar suas funcionalidades, como prometido à eles, segue então meu relato sobre minha primeira experiência enviando mensagens por WhatsApp.

O Weenvio

Só de não precisar instalar nada no meu computador (principalmente vindo de um mercado com ares de “mercado negro”) já foi algo considerável. A plataforma em si apresenta um visual simples, com funcionalidades resumidas justamente ao que eu queria de fato: Enviar mensagens em massa.

Nota sobre a interface: BOM – Precisa melhorar no acabamento, mas nada que comprometa a usabilidade e as funcionalidades.

Fiz o pareamento (ou sincronização, como chama no Weenvio) do chip que adquiri com a plataforma, importei os contatos que necessitava enviar.

Nota sobre importação de contatos: PRECISA MELHORAR – A plataforma aceita somente o envio de dois tipos de listagens, por VCARD (*.vcf) ou por texto separado por vírgulas (*.CSV) pré-formatado. Para importar meus contatos, tive que mexer com eles no Excel e salvar exatamente no formato que pede na plataforma. Se tivesse algo parecido com Mail Chimp, que pode-se formatar online, depois do envio, ficaria muito mais fácil pra quem não detém muito conhecimento sobre esses formatos de arquivos.

Cadastrei então as mensagens (a plataforma pede que se cadastre pelo menos cinco variações da mensagem a ser enviada, com textos diferentes). E voilà, iniciou-se o envio!

O resultado final foi MUITO SATISFATÓRIO, já que todas 18 mil mensagens foram encaminhadas em cerca de 31 horas (mais ou menos), sem precisar utilizar meu computador e com um plus: Não trancou (bloqueou) meu chip!

Agradeço a equipe do Weenvio por essa oportunidade, em breve, quando estiver disponível ao publico geral, tenho certeza que será uma ferramenta de grande sucesso.

Abraço a todos!

One thought on “Marketing por WhatsApp – Envio de Mensagens em Massa

  1. Nataniel Kegles

    PS: Não pude compartilhar com vocês algumas telas que printei, os desenvolvedores pediram para não divulgar neste momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*