As versões do Windows que você (provavelmente) não conheceu

Quando pensamos no sistema operacional Windows, conseguimos lembrar das suas versões mais icônicas, para os geeks mais antigos, o 3.11, 95, 98, Millenium Edition e por ai vai, para os mais novos, talvez à partir das versões 2000 ou XP. Mas o fato é que a Microsoft lançou muitas outras versões do sistema operacional Windows, vou mostrar para vocês algumas versões que você provavelmente nunca tinha ouvido falar.

Windows NT

Lançado em 27 de julho de 1993, o Windows NT foi um marco para a Microsoft, pois foi o primeiro sistema operacional a operar em 32 bits, resultado de uma pesquisa e desenvolvimento realizado desde os anos 80. O mais importante, é que isso permitiu uma expansão em diversas áreas cientificas, já que os processadores dos computadores agora conseguiam realizar cálculos de engenharia muito mais complexos que com apenas os 16 bits anteriores.

1337717275.or.84281
nt351control
nt351display
Windows_NT_3.1

 

Windows CE

Lançada sua primeira versão em 16 de novembro de 1996, o Windows CE é uma versão do sistema operacional voltado para fabricantes de dispositivos (OEM) e é voltado para equipamentos móveis como palms e outros dispositivos similares, que dependam de uma experiência diferenciada em relação ao seu próprio hardware.

Windows_CE_5.0_Desktop

windows_ce3.0

WindowsCE7

6-17-07-compal_umd

windows-ce-cassiopeia

 

Windows Embedded (NT, XP, 8, 2013)

Essa versão, sem ao menos saber, você já usou e ainda utiliza muito, pois ela é destinada a máquinas de venda automática, caixas eletrônicos, totens e outros dispositivos similares, basicamente se compõe dos utilitários básicos do sistema operacional Windows com os SDK’s de desenvolvimento para que esses dispositivos rodem seus próprios softwares.

windows-xp-cash-machine

Payphone_loading_Microsoft_Windows_XP

IC124680

 

Windows Mobile

Antes do moderno Windows Phone que explodiu a distribuição do sistema operacional para smartphones,  a Microsoft já vinha se aventurando no mercado de telefones com outras versões, entre elas está o Windows Mobile, que teve sua primeira versão lançada em 19 de abril de 2000.

Sshot114(v2)

Windows-Mobile-6.5-SlashGear-42-r3media

windows-mobile-65-04

 

Windows Media Center

Destinado a transformar computadores pessoais em home centers, e também, muito utilizado em set-top boxes (aparelhos de tv à cabo melhorados), estes últimos, obviamente, mais utilizado nos países mais tecnológicamente desenvolvidos.
SmallMoviesGuide

Windows_Media_Center_on_Windows_8

cannonpc-windows-media-center

windows_xp_media_center_2005a_by_thecat2000

 

Wrap text in jQuery

function wrapText(elementID, openTag, closeTag) {
var textArea = $('#' + elementID);
var len = textArea.val().length;
var start = textArea[0].selectionStart;
var end = textArea[0].selectionEnd;
var selectedText = textArea.val().substring(start, end);
var replacement = openTag + selectedText + closeTag;
textArea.val(textArea.val().substring(0, start) + replacement + textArea.val().substring(end, len));
}

Facebook agora também identifica quanto tempo você está lendo uma publicação no seu feed de notícias.

Em uma revelação surpreendente, o Facebook publicou sua nova funcionalidade. Agora ele está olhando para o seu feed de notícias da mesma forma que você o vê. A empresa situada em Menlo Park anunciou hoje que está melhorando seu feed de notícias, levando em conta não apenas se você curtiu, comentou ou compartilhou uma publicação, mas também quanto tempo você ficou lendo cada história. “Só porque alguém não curtiu, comentou ou compartilhou uma publicação no seu feed, não significa que a pessoa não esteja interessada no assunto e não seja significativo para ela”, explica o Facebook. “Há momentos em que, por exemplo, as pessoas querem ver informações sobre um evento atual grave, mas não necessariamente querem curtir ou comentar sobre ele.”

Este novo sistema irá comparar quanto tempo você olha cada publicação com hábitos gerais de navegação, a empresa diz que desta forma eles poderão identificar quais publicações são mais importantes para cada usuário e mostra-las de acordo com suas importancias.

Fonte: Facebook Newsroom – http://newsroom.fb.com/news/2015/06/news-feed-fyi-taking-into-account-time-spent-on-stories/

Como evitar que o cabo do seu carregador quebre

Com o passar do tempo os cabos de carregadores, principalmente dos equipamentos Apple, acabam quebrando, isto se dá pelo ressecamento da capa de borracha que reveste os fios condutores e também pela flexão causada pelo movimento do cabo próximo ao conector (que ao contrário da maioria, não possui um flexionador com tamanho suficiente para evitar a quebra).

1

Para evitar essa quebra, você pode utilizar uma pequena mola próximo ao conector, esta mola, pode ser aquela disponível em canetas esferográficas retráteis (aquelas que você aperta para aparecer a ponta).

2

Enrole o cabo entre as voltas da mola até que ela complete o curso, revestindo totalmente o cabo. Desta forma evitará que o cabo flexione até o final, movimentando o inicio dele (que fica dentro do conector) e venha a iniciar o processo de quebra, quando ressecado.

3

Compartilhe para os seus amigos 😉

Para receber mais publicações como esta, siga o meu perfil na rede social The Real Talk.

VB/ASP – Trabalhando com Arrays

Arrays ???? Rápido um dicionário !!! Uhn… Vejamos :

Arrays – Tipo de variável que armazena um conjunto de valores do mesmo tipo ; Um arranjo de elementos em uma ou mais dimensões ; Uma coleção de elementos do mesmo tipo no qual a posição de cada elemento está definida de forma única por um inteiro.

Obs: Os arrays são semelhantes aos vetores , se você já ouviu falar em vetores e conhece algo sobre eles verá que os conceitos envolvidos são semelhantes.

Acho que não foi um bom começo , mas , vamos tentar melhorar. Primeiro : não vou traduzir a palavra array , array será entendido como um tipo de variável especial. Segundo: vamos ser mais práticos…

Vamos supor que você precise atribuir a três variáveis o nome de três pessoas que constam de uma relação. Como você faria ? Ora, ora… abaixo as três etapas básicas envolvidas no tedioso processo…

'declarando as variáveis
dim snome1 as string
dim snome2 as string
dim snome3 as string

'atribuindo valores
snome1="João da Silva
snome2="Maria Lima"
snome3="Pedro Sabino"

'exibindo o conteúdo
for i=1 to 3
   msgbox snome & i
Next

Você teve que declarar 3 variáveis diferentes , uma para armazenar cada nome, mesmo cada nome sendo do uma variável do tipo string.

Muito Bem, e se a relação tiver 5 pessoas e você precisar atribuir os nomes a variáveis ??? Ô Loco !!!!

Ora por isso é que inventaram os arrays . Vejamos como ficaria…:

'declarando
Dim sNomes(1 to 5) as String
'atribuindo valores
sNomes(1)="João da Silva"
sNomes(2)="Maria Lima"
sNomes(3)="Pedro Sabino"
sNomes(4)="Marcia de Souza"
sNomes(5)="Carlos Manga"
'exibindo o conteúdo
for i=1 to 5
   msgbox snomes(i)
Next

O que há de novo ?

Você declarou somente uma variável – sNomes
Cada nome foi atribuído à variável sNomes , sendo diferenciado apenas por um índice numérico: sNomes(1), sNomes(2), sNomes(3) , sNomes(4) , sNomes(5)
Para recuperar o conteúdo de cada variável usamos o numero que identifica de forma única cada nome em cada variável.

Tudo se passa como se você tivesse um “armário” com 5 “gavetas ” , cada gaveta possuindo um número de identificação , e armazenando um nome distinto.

Conclusão :

Os Arrays permitem que definamos uma série de variáveis pelo mesmo nome diferenciando-as através de um número inteiro chamado índice.
Todos os elementos de um array devem ser do mesmo tipo de dado: string , integer, etc…. ( para que os elementos possam conter diferentes tipos de dados (strings , integers, objects, etc…) você deve definir o array como do tipo Variant )
A quantidade de variáveis definidas por cada índice (número) determina o tamanho do array.

Nota – Os arrays possuem a seguinte característica:

Ao declarar um array da seguinte forma: Dim Teste(4) o array possuirá 5 elementos pois o primeiro elemento terá como índice o número zero. Assim : Teste(0) ,Teste(1), Teste(2), Teste(3) , Teste(4)
Para fugir a esta característica basta você definir o índice inferior e superior do array , assim : Dim Teste(1 to 5) irá produzir :Teste(1) ,Teste(2), Teste(3), Teste(4) , Teste(5)

O VB trabalha com dois tipos de arrays : os fixos , que sempre permanece do mesmo tamanho e os dinâmicos cujo tamanho pode ser alterado em tempo de processamento.

Arrays Fixos

A sintaxe para declarar um array fixo é:

Dim Nome_do_Array(Índíce_Inferior To Índice_Superior) As Tipo_de_Dados

Onde:

Nome_do_Array – O nome dado ao array
Indice_Inferior – o primeiro elemento do array
Indice_Superior – o último elemento
Tipo_de_Dados – um tipo de dados válido. (Integer, Double, String, Date, etc…)

Ex: Dim Numeros(10) as Integer , Dim Nomes(10) as String